29 de março de 2013

Mais algumas tradições da Páscoa...




A tradição do Coelhinho da Páscoa foi levada para a América por imigrantes alemães, entre o final do século XVII e o início do século XVIII.
Alguns dos símbolos da Páscoa, em Portugal, são o coelho e os ovos. Os principais pratos típicos são cabrito e borrego assados e o folar. E para sobremesa, amêndoas cobertas com chocolate. Prepare o seu prato preferido, escolha os melhores chocolates e aproveite ao máximo a Páscoa 2013!

Trabalho realizado na Oficina de Jornalismo
Catarina Carneiro 6º B


28 de março de 2013

Educação Visual - 9º ano (parte 2)

Aqui ficam mais alguns projetos do 9º ano.

 Inês Gaspar 9º A (frente)

 Inês Gaspar 9º A (verso)

Matilde Monteiro 9º A (frente)

Matilde Monteiro 9º A (verso)

Tomás Almeida 9º A

Os Ovos da Páscoa




No dia 31 de março celebra-se a Páscoa.
De todos os símbolos, o ovo de Páscoa é o mais esperado pelas crianças!

Existem muitas lendas sobre os ovos. A mais conhecida é a dos persas que acreditavam que a terra havia caído de um ovo gigante e, por este motivo, os ovos tornaram-se sagrados.
Nalguns países da Europa costumava-se escrever mensagens e datas nos ovos e dá-los aos amigos. Noutros, como na Alemanha, o costume é os ovos serem presentes para as crianças. Na Arménia decoravam ovos ocos com figuras de Jesus, Nossa Senhora e outras figuras religiosas.

A tradição dos ovos cozidos e pintados foi substituída por ovos de chocolate.
Acha-se que o aparecimento da indústria do chocolate, em 1830, na Inglaterra, fez o consumo de ovos de chocolate aumentar.

Trabalho realizado na Oficina de Jornalismo
Inês Clérigo e Beatriz Nobre, 5ºA

21 de março de 2013

Educação Visual - 9º ano (parte 1)


A professora de Educação Visual do 9º ano desafiou os alunos a criarem um projeto de design para uma capa de um IPAD. 
Aqui ficam alguns trabalhos cheios de criatividade.

Carolina Vieira 9º A

 Francisco Lopo 9º A (frente)

Francisco Lopo 9º A (verso)

19 de março de 2013

Dia do Pai




Em Portugal, o Dia do Pai é comemorado a 19 de Março, seguindo a tradição da Igreja Católica, que neste dia celebra São José, marido de Maria (a mãe de Jesus Cristo).
Mas a origem desta data é babilónica. Há mais de 4 mil anos, um jovem fez um cartão para o pai em barro desejando-lhe sorte, saúde e longa vida.
Esta data foi institucionalizada só, em 1909, nos Estados Unidos que Sonora Luise criou um dia dedicado aos pais porque admirava e gostava muito do seu pai. A partir daqui o interesse por este dia foi cada vez maior neste país até se tornar festa nacional. Em 1972, o presidente Richard Nixon oficializou o "Dia do Pai".
A todos os pais FELIZ DIA DO PAI!

Trabalho realizado na Oficina de Jornalismo - Catarina Carneiro 6º B

16 de março de 2013

Ramalhão na Futurália

Os alunos do 9º ano foram visitar a Futurália. Lá puderam contactar com muitas faculdades, escolas profissionais e outras alternativas de formação. Uma ajuda importante para quem tem que tomar tantas decisões já para o próximo ano letivo. 
Foi uma espreitadela ao futuro!!!



12 de março de 2013

As crianças têm muita imaginação e há que potenciar a criatividade e desenvolver competências ao nível da escrita, motivando-os para o prazer de escrever com recurso às novas tecnologias. Lembrei-me de desenvolver para os meus alunos do 1º ciclo (3º e 4º anos) o projeto "Oficinas TIC de escrita criativa". Deixo para já a primeira história do Ricardo do 3º B. 

Estejam atentos às próximas histórias.....
video

10 de março de 2013

Sugestão de Leitura


Quem ri no meu jardim?

Da autoria de Annalisa Strada e brilhantemente ilustrado por Agnese Baruzzi, este livro está recomendado no Plano Nacional de Leitura para as crianças que frequentam o Pré-escolar. Aqui estendemos a recomendação aos alunos do 1º e 2º anos. Editado pelos Livros Horizonte na coleção Álbuns.

“Este livro ilustra a importância da verdadeira amizade. Uma mensagem muito atual, e cada vez mais importante, transmitida de uma forma subtil mas com um impacto intenso em todos os leitores. Ótimo para uma leitura em família.”
Psicóloga Sofia Schneeberger

9 de março de 2013

No dia 8 de março, realizou-se a segunda palestra sobre os perigos da Internet, desta vez dirigida aos alunos do 3º ano e apresentada pelos alunos do 9ºA. Pretendeu-se com a mesma, que os alunos mais pequenos aprendessem com os mais crescidos a "saber navegar com segurança na Internet". Serviu também para reforçar os laços sociais entre os alunos. 
Estão de parabéns todos os alunos envolvidos nesta iniciativa. 


Interturmas de Basquetebol






8 de março de 2013

A História de Pierrot, Arlequim e Colombina



Pierrot e Colombina cresceram juntos e eram muito amigos. Pierrôt tornou-se padeiro e fazia pães e doces para alegrar a vida dos habitantes da sua cidade e o coração da sua amada. Ele não tinha coragem de se declarar a Colombina pois era muito tímido, costumava escrever-lhe longas cartas de amor mas sem coragem para as enviar. Um belo dia de verão aparece na cidade um alegre trovador chamado Arlequim, que encanta todos com histórias e canções. Colombina é seduzida, apaixona-se por ele e segue-o deixando a cidade e seu amigo Pierrôt que fica muito triste. Chega o inverno, e com ele muitas dificuldades para a sobrevivência, Arlequim e Colombina passam por muito. Numa noite de inverno, ao contemplar a lua, a moça relembra Pierrôt e encontra uma carta com uma declaração de amor. Emocionada, foge para regressar à sua pequena cidade e rever o seu amado.
Os dois amigos reencontram-se e vivem muito felizes juntos. Arlequim, com saudades de Colombina também volta para ficar perto da sua amada e torna-se amigo de Pierrot. Assim os três amigos vivem felizes para sempre e comendo os pães e doces deliciosos feitos por Pierrot.

Trabalho realizado na Oficina de Jornalismo
Maria Carmo e Margarida Enes  5ºA

5 de março de 2013

Palestras Sobre os Perigos da Internet


Trabalhos realizados pelos alunos do 9ºB e apresentados na Palestra aos mais pequenos do 4º ano, no dia 4 de março no âmbito da disciplina de TIC.










3 de março de 2013

António Torrado no Ramalhão

O escritor António Torrado veio ao colégio para uma agradável conversa com os alunos do Pré-escolar e do 1º Ciclo. A sua simpatia contagiou alunos, Educadoras e Professores. Aqui fica uma pequena biografia do autor elaborada pelos alunos do 2º ano.


António José Freire Torrado nasceu em Lisboa no dia 21 de novembro de 1939.
António Torrado licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Coimbra. Dedicou-se à escrita desde muito novo, tendo começado a publicar aos 18 anos e nunca mais parou, tendo já mais de cem obras editadas.
A sua atividade profissional é diversa: escritor, pedagogo, jornalista, editor, produtor e argumentista para programas de televisão. Trabalhou em parceria com Maria Alberta Menéres em diversos livros e programas de televisão.
Atualmente é coordenador do Curso Anual de Expressão Poética e Narrativa no Centro de Arte Infantil, da Fundação Calouste Gulbenkian.
É professor responsável pela disciplina de Escrita Dramaturga na Escola Superior de Teatro e Cinema. É dramaturgo residente na Companhia de Teatro Comuna em Lisboa.
Ao longo da sua carreira conquistou vários prémios, destacando-se, em 1980, o prémio Calouste Gulbenkian de livros para crianças, em 1984, o prémio de Teatro Infantil da Secretaria de Estado da Cultura e em 1988 o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças.
É ainda autor de manuais escolares.
Toda a sua obra é importante e por isso alguns dos seus livros foram incluídos na lista de honra do IBBY – Internacional Board on Books for Young People nos anos de 1974 e 1996.
Algumas das obras mais conhecidas: Os meus amigos; Vem aí o Zé das Moscas e outras histórias; Corre, corre, cabacinha; O Adorável Homem das Neves; Dez contos dos Reis

Trabalho realizado pelo 2º ano